Pesquisar Atividades
Busca:    

NomeCampeonato Municipal de Futsal, categorias feminino, veterano e juvenil
MunicipioIVORÁ
TipologiaLazer e Jogos Populares
Participantes SecundarioParticipantes: varia, em 2009 foram 04 equipes em cada categoria
MateriaisBolas, súmulas, ginásio, som, apito...
LocalGinásio Municipal de Esportes Augusto Zanella
SinteseÉ um campeonato um pouco mais curto devido a quantidade de equipes inscritas nesta categoria. Acontece aos sábados a partir das 18 horas com os jogos de acordo com o carnê previamente estabelecido.
ObjetivoProcurar-se-á através do desenvolvimento deste evento: A) Estimular a prática do desporto; B)Valorizar os praticantes desta modalidade, assim como a aderência de novos adeptos nas diferentes categorias envolvidas; C) Proporcionar através deste espaço esportivo um momento de lazer para torcedores e atletas; D) Promover a integração dos atletas ivorenses estimulando a organização e a disciplina desportiva das equipes; E) Exaltar a prática desportiva como instrumento imprescindível para a formação da personalidade e de caráter diante das situações, fazendo surgir novos valores no panorama desportivo municipal.
DesenvolvimentoI – DA PROMOÇÃO E OBJETIVOS Art.1º O Campeonato Municipal de Futsal, edição 2008, será promovido pelo Núcleo de Desporto e Lazer do município de Ivorá, com a supervisão do Conselho Municipal de Desporto (CMD); e obedecerá ao disposto neste regulamento geral e seus anexos. Art. 2º Procurar-se-á através do desenvolvimento deste evento: A) Estimular a prática do desporto; B)Valorizar os praticantes desta modalidade, assim como a aderência de novos adeptos nas diferentes categorias envolvidas; C) Proporcionar através deste espaço esportivo um momento de lazer para torcedores e atletas; D) Promover a integração dos atletas ivorenses estimulando a organização e a disciplina desportiva das equipes; E) Exaltar a prática desportiva como instrumento imprescindível para a formação da personalidade e de caráter diante das situações, fazendo surgir novos valores no panorama desportivo municipal. II – DAS CATEGORIAS Art. 3º As categorias a serem disputadas serão as seguintes: Nascidos ano 1990/1993; Feminino Livre Masculino Veterano – a partir de 35 anos completos Estas três categorias disputaram o campeonato municipal de Futsal; A categoria Masculina principal será disputada em um torneio, nos dias 11 e 18 de outubro, sendo a idade livre para participar, o que se pede bom senso dos responsáveis técnicos das equipes, sendo de preferência atletas com idade a partir de 18 anos. Parágrafo único As inscrições de atletas que forem feitas em desacordo com o estabelecido neste artigo serão automaticamente canceladas, não sendo permitida sua substituição, ficando com isso inutilizada sua vaga na ficha de inscrição. III – DA INSCRIÇÃO DE EQUIPES E ATLETAS Art. 4º Poderão participar do evento as equipes que formalizarem suas inscrições no período de 11 de setembro a 03 de outubro, mediante a entrega da ficha de inscrição da equipe e atletas, expedida pela organização, devidamente preenchida e assinada por um responsável maior de 21 anos. Sendo que para confirmar a participação em ambos os eventos (campeonato e torneio) a data limite é dia 18 de setembro. Parágrafo Primeiro As inscrições deverão ser efetuadas pelos responsáveis pela equipe que participará e deverão ser entregues até dia 03 de outubro na sala do Núcleo de Desporto e Lazer. Art. 5º As equipes poderão inscrever no MÁXIMO 12 ATLETAS E NO MÍNIMO 08 ATLETAS, UM RESPONSÁVEL TÉCNICO, E UM DIRIGENTE RESPONSÁVEL PELA EQUIPE, maior de 21 anos, não sendo permitidos substituições ou cancelamento das mesmas após a entrega da ficha de inscrições. Art. 6º Os atletas, para participarem do campeonato, deverão preencher um dos seguintes requisitos: a) Morar no município; b) Trabalhar no município no mínimo 05 dias por semana, comprovando com carteira de trabalho ou similar; c) Possuir título eleitoral do município; d) Estudar no município; Parágrafo único: Abre-se uma exceção ao artigo 6º permitindo a inscrição de 01 atleta de fora do município em cada equipe em sua respectiva categoria e jogando somente nesta. Art. 7º Deverão constar obrigatoriamente na ficha de inscrição os seguintes requisitos: - Nome completo - Data de nascimento - Número de registro de documento (que contenha foto) - Categoria a participar IV - DO SORTEIO DAS CHAVES Art.08º O sorteio das chaves se houver mais de uma chave em uma categoria será dia 11 de outubro, no congresso técnico do torneio com a categoria principal. O horário será divulgado após a confirmação das equipes que irão participar do torneio da CATEGRIA PRINCIPAL, para melhor andamento do evento. V – DA PARTICIPAÇÃO NA COMPETIÇÃO Art.9º Somente poderão tomar parte nos jogos os Atletas que antes do início do jogo estejam devidamente inscritos no evento. Parágrafo Primeiro Caso algum atleta for inscrito por mais de uma equipe, este estará automaticamente impedido de disputar o campeonato. Parágrafo segundo O atleta que for considerado irregular, não preenchendo os requisitos para participação do campeonato, ocasionará derrota a sua equipe no placar de 1 x 0, independente do resultado final da partida, inclusive as já disputadas anteriormente a descoberta, e impedido de participar do restante do campeonato. Art. 10º Os atletas da equipe que receber WO por duas vezes, caracterizando abandono do campeonato, será suspensa de todas as atividades desportivas promovidas pelo Núcleo de Desporto e Lazer por um ano. Parágrafo único Se tiver atletas da equipe no evento, estes não serão punidos. A equipe terá até o primeiro dia útil, pela parte da manhã para apresentar por escrito a relação de atletas que estavam presentes no evento e os que não compareceram, sendo que estes para não serem punidos devem comprovar a falta com provas coerentes, caso contrário aplica-se a pena. Art. 11º É de responsabilidade dos próprios atletas a comprovação de sua aptidão física e saúde para a prática desportiva, sendo que o Núcleo de Desporto e Lazer ficará isento no caso de alguma lesão grave, ou problemas de saúde que possa ocorrer com qualquer atleta inscrito na competição. Art.12º Se os dois clubes não comparecerem na quadra ou se ambas as entidades se apresentarem com menos de 05 (cinco) atletas, o jogo será considerado como tendo sido jogado, não sendo marcados pontos para ambos. Parágrafo único O que caracteriza o comparecimento do clube é a presença física na quadra dos atletas e comissão técnica, não valendo para tanto o relacionamento dos atletas na súmula, com a assinatura do capitão da equipe. VI- DO SISTEMA DE DISPUTA E DA PARTIDA Art. 13º Será uma única fase, jogando todos contra todos em sua categoria, sendo consagrado o campeão a equipe que acumular mais pontos, obedecendo o seguinte critério: Vitória = 3 pontos; empate = 1 ponto; derrota/ desistência = 0 ponto, jogando todos Art. Art. 14º Os jogos acontecerão aos sábados a partir das 18 horas, com tolerância de 30 minutos para o início do primeiro jogo e 10 minutos para os demais. Em caso de W.O. de um jogo, será dado 30 minutos para o início da próxima partida. Art. 15º O tempo de duração dos jogos serão os seguintes: 30 (trinta) minutos com dois períodos de 15 (quinze) e intervalo de até 05 (cinco) para o naipe feminino idade livre; 40 (quarenta) minutos, com dois períodos de 20 (vinte) e intervalo de até 05 (cinco) para as categorias 90/93 e veterano no naipe masculino. Art. 16º A competição terá uma única fase. VI - DA PONTUAÇÃO E DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE Art. 17º Em caso de empate seguem-se os seguintes critérios: a) Confronto direto; b) menor número de gols sofridos; c) saldo de gols; c) cobrança de pênaltis; VII - DA ARBITRAGEM Art. 18º Os jogos serão dirigidos por equipe de arbitragem capacitada, composta de 2 árbitros e um anotador/ cronometrista. VIII – DA PREMIAÇÃO Art. 19º Serão premiadas por categoria as duas melhores equipes com troféus e medalhas e somente com medalha a terceira colocada de cada categoria. Parágrafo Único: Também serão premiados por categoria jogador artilheiro/destaque, goleiro menos vazado e jogador mais velho da categoria veterano que atuar em jogos no mínimo 50%. IX - DAS INFRAÇÕES E PENALIDADES Art. 20º A aplicação de cartões disciplinares, estabelecidos nas Regras Oficiais de Futebol de Salão, nas cores amarela (advertência) e vermelha (expulsão), constitui medida punitiva que tem por objetivo refrear violências individuais e coletivas. Parágrafo Primeiro O Cartão Amarelo – O integrante da equipe que acumular 02 (dois) cartões amarelos será automaticamente excluído da próxima partida da sua equipe. Tornam-se sem efeito os cartões amarelos recebidos nas fases anteriores, quando o atleta e sua equipe classificarem-se para a fase seguinte. Porém, no caso de pendência de cumprimento da regra, o atleta cumprirá suspensão na fase seguinte. Parágrafo Segundo Ao atleta que for dado cartão vermelho cumprirá suspensão automática de um jogo. Após será enquadrado no Código Disciplinar e julgado pela Junta Disciplinar. Parágrafo Terceiro Se caso vier a acontecer de um atleta estar suspenso de uma partida pelo motivo do parágrafo primeiro e segundo e disputar mesmo assim a partida proceder-se-á na seguinte maneira: - Se a comissão organizadora perceber a infração comunicará para a equipe infratora, e esta perderá seus pontos da partida e o atleta infrator cumprirá pena dobrada, ou seja, se estava suspendo por 1 jogo, será suspenso por dois e assim sucessivamente. - Se a equipe adversária perceber a infração no momento do jogo, esta comunicará a comissão organizadora e esta procederá conforme o item anterior; - Se a equipe adversária perceber a infração passado o dia do jogo, esta deverá apresentar por escrito protesto ao fato, aplicando-se então as devidas penalidades. Parágrafo Quarto O Cartão Vermelho – O integrante da equipe que receber cartão vermelho numa partida será enquadrado em um dos itens a seguir, com as respectivas punições de acordo com a súmula da partida: a) Indisciplina; b) Reclamação; c) Jogo violento; d) Ofensas e Desrespeito ao adversário; e) Ofensas e Desrespeito à torcida; f) Ofensas e Desrespeito a componentes da mesa ou representantes da organização; g) Ofensas morais aos árbitros; h) Tentativa de agressão física ao adversário aos componentes da mesa, representantes da organização e aos árbitros; i) Agressão física ao adversário; j) Agressão física à torcida; k) Agressão física a componentes da mesa ou representantes da organização e aos árbitros. Parágrafo Quarto Os atletas e/ou dirigentes citados em súmula e enquadrados num destes itens serão punidos da seguinte forma: Itens (a), (b), (d), (e), (f) - Suspensão automática por 01 jogo e enquadramento no Código Disciplinar; Itens (c), (g), (h), (i), (j) e (k) - Suspensão automática por 01 jogo e enquadramento no Código Disciplinar IX - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 21º A Organização do Evento entende que todo e qualquer atletas inscrito esteja em ótimas condições de saúde e seja sabedor das regras, regulamento e Código Disciplinar. Art. 22º A inclusão de atletas nas equipes pressupõe-se que os mesmos estejam gozando de perfeita saúde. Art. 23º No ato da inscrição, estarão os participantes concordando tacitamente com todas as disposições constantes do presente regulamento, sendo os casos omissos e de ordem administrativa, e as dúvidas que por ventura suscitadas, solucionadas pelo Núcleo de Desporto e Lazer, cuja decisão será submetida à consideração da Junta disciplinar Esportiva
Informações-
Evento0