Pesquisar Manifestações Culturais
Busca:    

NomeFAXINAL DO SOTURNO
Emailadministracao@faxinal.com.br
Telefone55-3263 3700
Telefone Secundario55-3263 3700
Habitantes(Zona Rural)2.744
Habitantes(Zona Urbana)4.097
Sitewww.faxinal.com
HistoricoHistórico No ano de 1877 dentro da epopéia da imigração italiana, ocupados os cumes do nascedouro da Serra de São Martinho e fundado o povoado de Silveira Martins. Quarto Núcleo da colonização italiana, foram sendo formados novos núcleos, entre os quais Vale Veneto, considerado o berço histórico do município de Faxinal do Soturno. O Contínuo afluxo de imigrantes fez a Colônia de Silveira Martins expandir-se pelas quebradas da serra, dando origem a novos núcleos, quais foram: Soturno, Novo Treviso, Ribeirão, Vai Veronês (1880), São João do Polêsine (1893) e Santos Anjos (1895). O núcleo denominado Soturno foi subdividido em Barracão (atual município de Nova Palma) e Geringonça (atual Vila Novo Treviso). Posteriormente, entre estes dois núcleos surgiu a cidade sede do município de Faxinal do Soturno, cujo território, na sua maior parte desmembrou-se do município de Cachoeira do Sul e uma pequena parte do município de Júlio de Castilhos. A primeira denominação recebida pelo atual município foi Campo do Meio. Após, pelo acervo de utensílios indígenas encontrados nas lavouras, pelos novos colonizadores, indicando que esta área ocupada pelos índios Tapes, passou a denominar-se Campo dos Bugres. O nome FAXINAL originou-se da denominação dada à vegetação que cobria esta região, na época da colonização, que era uma vegetação rasteira, tipo pastagem, com grupo de árvores esguias. O nome SOTURNO, teve sua origem, segundo relatos, quando da elaboração da carta geográfica da região. Um grupo que levantava a navegabilidade dos afluentes do Rio Jacuí, ao chegar no atual Rio Soturno, deparou-se na altura do atual município com pantanais, ribeirinhos ao rio, cobertos de mato cerrado e escuro, dando ao local e ao rio um aspecto soturno e perigoso. Dentre os pioneiros, considerados os fundadores de Faxinal do Soturno, destacam­se 4 nomes: JOÀO BATISTA ZAGO, JOSÉ MARQUES RIBEIRO (Coronel Marques),VICENTE PIGATTO E VITÓRIO DE DAVID. João Batista Zago foi quem trouxe da Itália a imagem e a devoção a São Roque, padroeiro de Faxinal do Soturno. Foi ele também quem dirigiu a construção da primeira capela e da primeira escola. Faxinal do Soturno emancipou-se do município de Cachoeira do Sul, em plebiscito realizado no dia 30 de novembro de 1958 e o novo município foi criado pela lei estadual nº 3711, de 12 de fevereiro de 1959. Hoje comemoramos como o Dia do município a data do plebiscito, 30 de novembro. Gentílico: soturnense Fonte: Sitio do IBGE http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1.
Renda10.276 (PIB Per Capita)
Escolaridade-
Nivel de Escolaridade
Faixa Etária41