Pesquisar Manifestações Culturais
Busca:    

NomeDILERMANDO DE AGUIAR
Emailpmdil.educacao@bol.com.br
Telefone(55) 3612.4248
Telefone Secundario(55) 3612.4284
Habitantes(Zona Rural)2.217 habitante
Habitantes(Zona Urbana)1.090 habitante
Sitehttp://www.dilermandodeaguiar.rs.gov.br
HistoricoApresentação A história do município de Dilermando de Aguiar segue a mesma trajetória de Santa Maria. Formado em toda a sua extensão por propriedades originárias das antigas sesmarias, dentre as quais, Antônio da Costa Pavão, em 1806, e, José Maria da Gama Lobo Deça, em 1821, cujos nomes ficaram assinalados com a denominação de Colônia Pavão e Picada do Gama, nas respectivas regiões. A região foi inicialmente explorada por espanhóis, oriundos da região Basca, denominada Biscaia (na Espanha) que ocuparam a região no século passado, explorando a extração da madeira, comercializada com a Região do Prata e das Missões. Só mais tarde que os portugueses se estabeleceram no local. Por volta de 1885 o Tenente Coronel José da Rocha Vieira, inicia o povoamento do local chamado de Estação São Pedro, construindo duas casas; uma moradia e um hotel ao largo da estrada de ferro. Local que mais tarde seria construída a Estação Ferroviária. Em 1889, conforme João Belém, em sua História do Município de Santa Maria, haviam quase 100 propriedades pastoris na região, a qual na época constituía o distrito de Pau Fincado. Com a formação dos municípios de São Gabriel, São Vicente e Cacequi, a região de Pau Fincado tem grande parte de suas terras incorporada àqueles municípios, com tudo a parte que restou veio se constituir no Segundo Distrito de Santa Maria. Em 23 de dezembro de 1890 é inaugurada a Estação Ferroviária em homenagem ao engenheiro que a construiu, dá-se o nome à localidade Dilermando de Aguiar. Em 1919 a vila cresceu em importância, quando se tornou ponto inicial de um novo Ramal Ferroviário, ligando Santa Maria à região da fronteira, nesta época o então distrito atingiu 4.593 habitantes. Dilermando de Aguiar ao longo de sua história, tem sido palco de fatos históricos, como o Combate da Porteirinha em 1840, durante a revolução farroupilha em 1830 e durante a Revolução Federalista. Em 1928 foi construída a primeira Igreja Católica, facilitando a formação do povoado. Foi em 1995 que começou o movimento para a emancipação de Dilermando de Aguiar, com a realização de uma assembléia com moradores do Distrito na qual foi constituída a Comissão de Emancipação. No dia 22 de outubro do mesmo ano é realizado o Plebiscito, e a população vota a favor da Emancipação. E em 28 de dezembro é assinada a Lei nº 10.633, que cria o Município de Dilermando de Aguiar. A primeira eleição para a escolha de Prefeito e Vereadores municipais foi em 03 de outubro de 1996. O Município possui várias entidades culturais e recreativas; Quatro Centros de Tradições Gaúchas (CTG), Piquetes de Laçadores, Associações Futebolísticas na Sede e no Interior, Salões Paroquiais na Sede do Município, em São José da Porteirinha e em Sobradinho, 10 Associações Comunitárias no interior do Município, além de um Centro de Incentivo a Produção de Artesanato Caseiros e Assistência Social - CIPADA. Projetos de inclusão social e auxilio ao desenvolvimento da comunidade local movimentam a cidade e a fazem crescer no cenário do centro do estado. Com uma área de 573 Km2 e 3.284 habitantes é a agricultura e pecuária que movimenta a arrecadação do município, somando 95%. Entre as culturas destaca-se a produção de soja e arroz e ainda a bovinicultura. Duas festas importantes marcam o calendário de eventos da cidade, a FEICAD, Feira Comercial, Industrial, Agropecuária, Esportiva e Cultura, que acontece em a cada dois anos no mês de outubro e já está na sua 4° Edição. A FEICAD traz diversas atrações para o município, entre elas a Mostra de Cavalos Crioulos e Shows nativistas. A abertura da colheita da uva, com o evento “É Tempo de VINDIMA”, que acontece em dezembro, também é uma festa confirmada na agenda do município. Para comemorar a Semana da Pátria e Farroupilha a Administração Municipal realiza o desfile integrado com as entidades tradicionalistas, escolas, câmara de Vereadores, Grupos da Melhor Idade e demais entidades representativas da comunidade de Dilermando de Aguiar. Em outubro comemora-se o aniversário do município com a Semana do Município. A programação de aniversário contempla toda a comunidade, desde os estudantes até a melhor idade. Etnia A população é originária da fusão Hispano-Portuguesa, juntamente com o indígena e o negro. Apresenta também a origem italiana cujos ancestrais aí se estabeleceram após o início do século. Religião A igreja católica é a associação religiosa de maior expressão no município, possuindo seis capelas no interior e uma Igreja (Igreja de Nossa Senhora da Pompéia), na sede. Merecem destaque a Igreja Assembléia de Deus e os Centros Espíritas Kardecistas. A Igreja Católica desenvolve junto à população atividade com a Pastoral da Criança. Cultura e Tradicionalismo O Município possui várias entidades culturais e recreativas: dois Centros de Tradições Gaúchas - CTG Tropilha Crioula e CTG Rocha Vieira -, Piquetes de Laçadores, Associações Futebolísticas na Sede e no Interior, Salões Paroquiais, em São José da Porteirinha e em Sobradinho, Associações Comunitárias no interior, além de um Centro de Incentivo a Produção de Artesanato Caseiros e Assistência Social - CIPADA. Tem forte expressão também o MPA – Movimento dos Pequenos Agricultores. Formado recentemente, através do MPA os pequenos produtores conseguem se articular e acessar créditos de incentivo a produção. Entre associações e cooperativas de produção estão em pleno funcionamento a ACOPACHIM – Associação Comunitária de Produção, e Ambiental Chico Mendes, ACUDICOP - Associação Cultural de Difusão Comunitária Pompéia, COODESUL - Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável de Dilermando de Aguiar e ADIPRO - Associação Dilermandense de Produtores. Caracterização Ambiental de Dilermando de Aguiar Município situado na zona de transição geomorfológica da depressão central. Seu território faz parte da Serra Geral, abrangendo uma área de 573 km2. O clima na região é subtropical úmido (temperado) e a altitude máxima do município figura em 106 m acima do nível do mar. Conforme Lei número 10.633/1995 possui a seguinte delimitação: ao norte - São Pedro do Sul, ao sul - São Gabriel, ao leste - Santa Maria e ao oeste – Cacequi. Suas coordenadas geográficas são: latitude - 29º 40’ 42” a 29º 55’ 45”, e longitude - 53ª 51’ 43” a 54ª 26’ 23”. A hidrografia do Município de Dilermando de Aguiar é formada pelos rios Ibicuí e alguns afluentes de sua margem esquerda, como os arroios Pau Fincado, Jacaré e Sanga do Filipinho. As áreas Centro-Sul e Leste são banhadas pelo Arenal, Sanga da Cria, Arroio da Grápia e outros de menor porte. A população total do município encontra-se por volta de 3.317 habitantes, gerando uma densidade demográfica de 5,57 habitantes por km2. A população urbana contempla cerca de 1.090 habitantes, enquanto a população rural figura em 2.217 habitantes. O Município apresenta uma característica eminentemente agropecuária, pois o setor é responsável por 95% de arrecadação e os 5% restantes provém dos setores de serviços, indústria e comércio. (FONTE> Página da Prefeitura Municipal de Dilermando de Aguiar - http://www.dilermandodeaguiar.rs.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1&Itemid=3&id_cat=1 - Consultada dia 08 de novembro de 2009).
Renda R$ 211,732
EscolaridadeEnsino Médio
Nivel de EscolaridadePré-escola nível I e II (4 a 5 anos), Ensino Fun
Faixa Etária-